Centro Integrado de Saúde de Itapevi começou a funcionar

Centro de Especialidades, localizado ao lado do Centro de Hemodiálise e da futura ETEC, conta com 14 especialidades e 18 exames

A Prefeitura de Itapevi iniciou na última sexta-feira (3) as atividades do Centro Integrado de Saúde (CIS), na região da Vila Santa Rita (Rua Arquiteto Ubirajara da Silva, 87). O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

O CIS possibilita a realização de consultas com 14 especialistas médicos e 18 exames de diagnósticos e preventivo e tem capacidade para realizar 8 mil atendimentos por mês. As consultas oferecidas pelo equipamento são de cardiologia adulto, dermatologia, endocrinologia, neurologia adulto, pneumologia, reumatologia, neurologia infantil, infectologia infantil, urologista, gastroenterologia, ginecologia/obstetrícia, oftalmologia, psiquiatria e otorrinolaringologia.

Os exames a serem oferecidos são: US doppler, ultrassom geral, colonoscopia, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma com sedação, eletroencefalograma, eletroneuromiografia, endoscopia digestiva alta, holter, Mapa, Raios-X, teste ergométrico, urodinâmica, espirometria, tomografia (ambulatorial), tomografia (urgência/emergência) e audiometria.

O edifício, com dois andares, que estava ocioso desde 2016, começou a ser reformado e reestruturado em junho de 2018. No princípio seria instalada a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas, diagnóstico realizado pelo Hospital Albert Einstein apontou que a real necessidade do município é melhorar o atendimento nas unidades básicas e em especialidades.

Como vai funcionar?

O morador não precisará ir até o CIS para marcar a sua consulta ou procedimento. O encaminhamento será realizado pelo médico clínico geral da unidade de saúde mais próxima da residência do paciente. O médico será responsável por analisar a necessidade do paciente passar por um especialista e realizar os exames médicos; se for necessário ele fará uma guia de encaminhamento ao CIS.

Expresso Saúde

A partir do dia 8 de julho, a unidade também vai contar com serviço de transporte gratuito para deslocamento dos pacientes. “Como este prédio está distante da região central, teremos o Expresso Saúde, um micro-ônibus que fará o trajeto Terminal de Ônibus – CIS e vice-versa, para atender os pacientes”, completa o prefeito. Apenas as pessoas que mostrarem ao motorista o SMS da Prefeitura confirmando a agendamento no CIS poderão utilizar o transporte exclusivo até a unidade.

Centro de Hemodiálise

No mesmo endereço, desde setembro do ano passado, já funciona o Centro de Hemodiálise, um serviço também diferenciado que atende dezenas de pacientes itapevienses que antigamente necessitavam desse tratamento, mas realizavam as sessões em cidades distantes, como por exemplo, na capital.

O atendimento é para os pacientes residentes em Itapevi, mas quando há vagas, moradores de municípios vizinhos também são atendidos. O controle de vagas é realizado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, como determina a lei.

O Centro de Hemodiálise funciona de segunda a sábado, das 6h às 20h, e realiza, por dia, 30 sessões de hemodiálise em três turnos diários. Este serviço é prestado pela empresa terceirizada DaVita, vencedora de processo de licitação. O espaço foi montado com recursos próprios do município e é mantido pela Prefeitura de Itapevi. Os custos para manutenção do Centro de Hemodiálise são de R$ 370 mil por mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *