Deic desarticula quadrilha que fraudava auxílio emergencial

Seis pessoas foram flagradas operando o esquema que funcionava em um imóvel na zona leste da capital

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quinta-feira (13), seis pessoas que foram flagradas operando uma central de fraudes contra o auxílio emergencial, no Conjunto Habitacional José Bonifácio, na zona leste da capital. No local foram apreendidos equipamentos e informações utilizadas para acessar os pagamentos.

Após minucioso trabalho de apuração, agentes da 2ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), descobriram o esquema e diligenciaram até a Rua Agrimensor Sugaya para averiguação.

No apartamento, os policiais se depararam com uma estrutura operacional de cinco computadores, nove celulares, chips de diversas operadoras, cinco modens para a transmissão e recebimento de dados e cinco máquinas responsáveis pela leitura do sistema de codificação (QRCode), possibilitando o saque do benefício.

Durante as diligências, as equipes ainda encontraram diversas listagens organizadas contendo as datas de recebimentos e relação catalogada dos chips, indicando em quais fraudes foram utilizados. Quatro homens e duas mulheres foram flagrados em plena atividade e detidos. Eles admitiram o crime contra o auxílio emergencial.

“Estariam [os seis presos] operando a fraude há 30 dias. Nessa fase, a documentação apreendida indica que realizariam uma segunda etapa de saques do benefício”, explicou o delegado Ricardo Guanaes, titular da 2ª Divecar. Os presos respondem por furto mediante fraude e associação criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *