História do Estádio Municipal André Nunes Junior

História do Estádio Municipal André Nunes Junior

Nome oficial: Estádio Municipal André Nunes Junior
Endereço: Rua Samuel da Rocha Galvão, 175 (em 2016 a FPF dava como nº 650 – Vila Nova Itapevi CEP:06694-360
Inauguração: 17/12/1972

História

Inaugurado em 7 de dezembro de 1972 pelo prefeito Osmar de Souza, às vésperas de terminar o seu mandato (1969-1972), o Estádio Municipal André Nunes Júnior foi a principal praça de esportes da cidade de Itapevi, já que agora faz parte do Parque da Cidade.

Neste dia foi realizada uma grande festa, com uma grande partida, entre a Seleção de Itapevi e uma equipe de veteranos / misto do Palmeiras, que terminou em 1 a 1. Segundo Jorge de Andrade (In Memoriam), o gol do selecionado itapeviense foi marcado por Maloca (atleta do CIPE). César Maluco, atacante do Alviverde, que estava cumprindo seis meses de suspensão por ter agredido um árbitro, jogou meio tempo para cada lado.

A área foi doada para a municipalidade pelo empresário Romeu Nunes que sugeriu que a área recebesse o nome de seu irmão, André Nunes Júnior (in Memorian).

O único clube da cidade que tentou o profissionalismo foi o Itapevi Futebol Clube que disputou a quarta divisão da FPF (Federação Paulista de Futebol) em 2012. O estádio, em 2017, tinha capacidade para 5.000 espectadores.

Antiga arquibancada do Estádio Municipal de Itapevi (2014)

É o estádio que abrange a maior parte das partidas das divisões amadoras dos clubes da cidade.

Já foi campo de equipe de futebol profissional do Município, AA Montana Itapevi, que depois passou a se chamar Itapevi FC, e em 2012 disputou a quarta divisão de futebol do estado e também algumas categorias juniores.

Jogos históricos

Primeira partida profissional

O estádio foi “batizado” no profissionalismo do futebol paulista numa sexta-feira, 12 de maio de 2012, às 19h30, na partida Itapevi FC contra o Cotia FC,  jogo válido pela segunda rodada. Eis a ficha técnica da partida:

Itapevi FC 3 x 2 Cotia FC – Campeonato Paulista da 4ª Divisão
Público pagante: 611 espectadores; Renda: RS 5.690,00
Arbitro: Camilo Morais Zarpelão; Assistentes: Claudio Roberto da Costa e Klelson da Costa Pires. Quarto Arbitro: Rafael Emilio Acerra
Cartões amarelos: Luiz Henrique da Silva, Elton Andrade de Melo, Pedro Henrique Pinheiro de Sa e Robson Carneiro Lino (ItapeviFC); Douglas Gomes da Silva e Thiago Alves da Cruz (Cotia FC)
Expulsão: Robson Carneiro Lino (Itapevi FC), aos 83 minutos de jogo.
Gols: Romulo Santos Moreira (2 gols de pênalti) e Robson Carneiro Lino, para o Itapevi FC; e Mairon Cesar Silva Cardoso (pênalti) e Everton Heleno dos Santos para o Cotia FC.

Itapevi FC: 1- Mateus Luiz Veloso, 2- Walass Reis de Jesus, 3- Erilton Henrique Guilherme Quaresma, 4- Eduardo Brandão de Godoi, 5- Elton Andrade de Melo, 6- Lucian Ramos Rodrigues, 7- Danilo Levi Maciel (18- Pedro Henrique Pinheiro de Sa), 8- Romulo Santos Moreira, 9- Robson Carneiro Lino, 10- Luiz Henrique da Silva (14- Anderson Novais Deziderio), 11- Lucas Oliveira Jesus (16- Paulo Henrique da Silva Pedreira). Técnico: Rafael Andrade Marques

Cotia FC: 1- Felipe Gonçalves de Carvalho, 2- Douglas Gomes da Silva (16- João Carlos Camargo Limbeck), 3- Daian da Silva de Souza (13- Douglas Henrique Ferreira), 4 Bruno Duarte Arjonas, 5- Mairon Cesar Silva Cardoso, 6- Tiago Cesar da Silva, 7- Rodrigo Elias do Nascimento Silva, 8- Ruan Teixeira Silva, 9- Everton Heleno dos Santos (15- Washington Donizetti Rodrigues de Queirós), 10- Thiago Alves da Cruz e 11- Rafael Barbosa de Sousa . Técnico: Antonio Alves Da Silva

O Itapevi Futebol clube fez a seguinte campanha no Campeonato Paulista de Profissionais da 4ª Divisão:
10 jogos; 7 pontos conquistados, 2 vitórias, um empate e sete derrotas. Marcou 10 gols e sofreu 23, um saldo de 13 gols negativos.

Partida Amistosa

EC Funcionários Municipais 3 x 4 Santos FC – Amistoso

Jogo promovido pela Prefeitura, que ofereceu um troféu ao clube alvinegro. O Juvenil do Santos contou com alguns jogadores profissionais, sendo na verdade um mistão.

A Tribuna de Santos (SP) de 24 de julho de 1973 Santos 4 x 3 Itapevi

Em 22 de julho de 1973, a Equipe de Juvenis A do Santos venceu o que se chamava EC Funcionários Municipais, a seleção de Itapevi pelo placar de 4 a 3. Cláudio Adão colocou o time alvinegro em vantagem no 1º tempo por 2 a1. Na fase final, Veiga e Adilson II marcaram mais dois gols. A arbitragem foi de Jonas Góis. (1)

A equipe do Santos formou com Moraes, Bauer, Silva, Bianchi (Carlão) e Peixe; Messias e Chico; Hamilton, Adilson II, Cláudio Adão e Veiga (Catelan).

Não temos a escalação do selecionado de Itapevi – o jornal A Tribuna não informou.

Nota: O Jornal Tribuna de Santos chamava o estádio de Praça de Esportes André Nunes Júnior.

A grande reforma e a implantação do Parque da Cidade

Em 2020 se iniciou a reforma do Estádio com a implantação de quatro vestiários para os atletas, um vestiário para arbitragem, banheiros com acessibilidade, novos banheiros masculino e feminino, cabine para imprensa, sala administrativa, nova iluminação no gramado, arquibancadas com assentos, manutenção do gramado sintético e revisão da cobertura, novos alambrados, estacionamento para veículos, além do inédito e moderno painel eletrônico de placar e entrada subterrânea ao campo por atletas, comissão técnica e arbitragem.

O Estádio Municipal André Nunes Junior é chamado agora de Arena Parque, e passou a ser integrado ao Parque da Cidade, que ficará ao lado do estádio e foi inaugurado em setembro.

A Arena da Cidade, localizada na rua Samuel da Rocha Galvão, 175, Cidade Saúde, promete disponibilizar atividades desportivas do programa Mais Fortes e da Secretaria de Esportes e Lazer, partidas dos campeonatos municipais, além de eventos públicos e shows.

Fontes: (1) A Tribuna de Santos (SP) de 18, 24 de julho de 1973; Federação Paulista de Futebol;  FPF Ficha da Partida Itapevi 3×2 Cotia.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *