Itapevi e cidades da Grande São Paulo anunciam medidas contra o coronavírus

Cidades acompanham ações do Governo do Estado e suspenderam eventos e férias dos servidores da saúde e afastaram os servidores com mais de 60 anos.

Todos os municípios:

– optaram por suspender gradualmente as aulas, com interrupção total das atividades a partir da segunda-feira (23);
– criaram Comitês de Monitoramento contra o coronavírus;
– suspenderam os eventos culturais, esportivos e institucionais programados;
– suspenderam férias e licenças dos servidores da saúde;
– afastaram os servidores com doenças crônicas ou com mais de 60 anos de idade.-

Itapevi

A Prefeitura de Itapevi decretou estado de emergência e anunciou as seguintes medidas:

A partir de quarta-feira (18), o restaurante Bom Prato fechará e o Centro de Combate ao Coronavírus estará funcionando na Rua José Michelotti para atendimento exclusivo de moradores que apresentem sintomas da doença;

Dez médicos estão sendo contratados em regime de urgência e o Governo Federal vai encaminhar mais cinco nos próximos dias;

A Prefeitura abriu crédito especial de R$ 1 milhão para ser utilizado pela saúde nos primeiros dias de combate ao coronavírus;

Igrejas, restaurantes e praças de alimentações foram orientadas a suspender as atividades a partir da próxima sexta-feira (20).

Medidas para o estado

Nesta segunda, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que estão suspensos por até 30 dias os eventos públicos estaduais independentemente do número de pessoas reunidas.

O governo anunciou ainda a criação de um Comitê Administrativo Extraordinário, que repartições públicas estaduais terão o fluxo de entrada limitado, como os postos do Poupatempo, os restaurantes do Bom Prato, os postos do Detran e os postos do Centro de Integração da cidadania.

No domingo (15), Doria anunciou que todos os funcionários públicos do estado com mais de 60 anos trabalharão de casa a partir de terça-feira (17).

A suspensão gradual nas aulas de escolas públicas e particulares de São Paulo, diante da ameaça do novo coronavírus, começou a valer nesta segunda. A rede pública estadual e municipal de São Paulo vai seguir funcionando até sexta-feira (20). A partir da próxima segunda-feira (23) as portas estarão fechadas por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *