Mãe é acusada de assassinar filha de 4 anos em Itapevi

Vítima foi levada ao pronto-socorro com a alegação de engasgamento; atuação conjunta com o Instituto Médico Legal possibilitou verificar a real causa da morte

A Polícia Civil prendeu um homem, de 34 anos, e uma mulher, de 23, pelo homicídio qualificado que vitimou uma criança, de quatro anos, que era filha da autora. O casal foi detido nesta segunda-feira (5), em Itapevi, na região metropolitana de São Paulo.

A morte da vítima foi informada à delegacia de Itapevi no domingo (4). Na ocasião, a vítima alegou que sua filha havia se engasgado com alimentos, contudo, ela foi levada ao pronto socorro com lesões incompatíveis com a história contada pela mãe.

Imediatamente, os policiais civis do distrito iniciaram as investigações em conjunto com a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município e apoio do Instituto Médico Legal (IML), conseguindo descobrir a real causa da morte da criança – traumatismo cranioencefálico, causado por agressões realizadas pela mulher, com omissão do seu companheiro e padrasto da vítima.

Diante das evidências, provas colhidas e depoimentos dos autores, foi solicitada a prisão temporária do casal. O pedido foi aceito pela Justiça e as ordens judiciais cumpridas ontem.

Ambos permanecem detidos à disposição da Justiça e as investigações prosseguem para total esclarecimento dos fatos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *