O dia em que Cotia passou a se chamar Itapevi

NOMES DE CIDADES

Mantemos a grafia da época. Artigo publicado no periódico Correio Paulistano, de 25 de julho de 1945. Acervo digitalizado nos arquivos cidadeitapevi.com.br .

Cotia passou a denominar-se Itapevi, e sua população festejou o acontecimento. Parece que a nova denominação corresponde a uma tradição local. As razões da mudança foram, de certo, muito fortes.
Por sinal que – uma coincidência – muda-se o nome da localidade exatamente na hora em que a mesma envereda por largas sendas de desenvolvimento dinamico, com os seus transportes facilitados
pelos trens eletricos da Sorocabana.

Mudar de nome é um fenomeno relativamente comezinho. Piracicaba chamou-se Constituição. Campinas já foi São Carlos. Porto Feliz é historicamente conhecido por Araritagoaba Itapéva – nome
paronimo de Itapevi – já foi Faxina e voltou a ser Itapeva, nome atual. E assim por diante.

Correio Paulistano – 25-07-1945. Arquivo cidadeitapevi.com.br

Falando de Itapéva, vem a pelo um caso engraçado. O correspondente local de um jornal paulistano, cada vez que datava suas correspondencias, juntava à palavra Itapeva a seguinte observação, entre
parenteses: Ex-Faxina. O bom homem de certo receava que o nome Itapéva não estivesse ainda suficientemente conhecido para identificar a procedencia de sua apistola jornalistica. Mas – vamos ser logicos – ou mudamos ou não mudamos o nome às cidades. Substituir Faxina por Itapéva, para depois, ao escrever-se esta denominação, acrescentar-lhe ao lado, a titulo de aviso, a expressão Ex-Faxina
– não traz, evidentemente, vantagem para ninguem. Melhor será não inventar mudanças.

Trate a população de Itapevi de espetar na consiencia geral o novo nome da localidade, esquecendo-se de Cotia. Que ela amanhã não nos venha falar em ex-Cotia, por imitação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *