Pai é preso por estupro no Parque Suburbano

Mãe da menor, que sabia do crime, também foi presa

Um homem foi preso em flagrante, em Itapevi, por estuprar a própria filha, menor de idade. A garota, hoje com 17 anos, era violentada desde os 12.

A mãe da menina, e ex-mulher do agressor, também foi detida, porque sabia dos abusos, mas nunca denunciou. A denúncia foi feita pela enteada do abusador, que recebeu uma proposta de fazer sexo com ele, em troca de dinheiro, e recusou.

Ela procurou a Delegacia da Mulher de Itapevi e, além a “proposta” também contou da violência sexual sofrida pela garota, a quem considerava “irmã de consideração”, pois moravam na mesma casa desde que sua mãe se casou com o pai dela.

De acordo com a delegada Priscila Camargo Campos Gonçalves, titular da DDM de Itapevi, foi a menina quem também contou que a mãe da vítima sabia de tudo.

A mulher foi ouvida e confirmou tudo. Ela disse ainda que, durante uma briga, até pensou em denunciar o ex-marido, mas que depois mudou de ideia. Com base em todos esses depoimentos, foi pedida a prisão temporária dos dois.

Com apoio de policiais do 1º DP de Carapicuíba, investigadores da DDM fizeram uma campana na casa do acusado, no Parque Suburbano, e o abordaram quando saia para trabalhar.

Em depoimento, ele confirmou que mantinha relações sexuais com a própria filha e disse ainda que tinham um relacionamento amoroso e que era apaixonado por ela, desde pequena, quando começou a sentir um “amor inexplicável”.

Mas a garota negou o relacionamento e afirmou que era abusada desde os 12 anos. O homem também confessou que ofereceu dinheiro em troca de sexo com a enteada. O casal segue detido, à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *