Polícia descobre fábrica clandestina de azeite em Barueri

Cerca de 100 mil garrafas com a substâncias foram apreendidas; seis pessoas foram detidas em flagrante

A Polícia Civil descobriu, na tarde de quinta-feira (9), uma fábrica clandestina de azeite, que funcionava em um galpão dentro de um condomínio industrial, na cidade de Barueri, na Grande São Paulo. Seis pessoas foram detidas em flagrante e cerca de 100 mil garrafas com o produto foram apreendidas.

O esquema era apurado por agentes da 3ª Delegacia de Investigações sobre Fraudes Financeiras e Econômicas, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que conseguiram descobrir que a fraude ocorria em um imóvel na Avenida Prefeito João Vila-Lobos Quero, no bairro Jardim Belval.

As equipes especializadas foram até o local e flagraram a linha de produção em pleno funcionamento. Os responsáveis foram surpreendidos trocando rótulos das garrafas com produtos inferiores e vencidos por etiquetas de marcas de qualidade superior, enganando o consumidor que adquiria o óleo.

Durante a ação, foram apreendidos as identificações falsificadas e o estoque – cerca de 100 garrafas de azeite oliva – que abasteceria comércios da Capital e da Grande São Paulo. Seis pessoas, sendo uma adolescente, foi detida em flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *