Polícia e MP fazem buscas em Itapevi, Barueri, Cotia e Santana de Parnaiba por fraude em compra de testes de Covid

Suspeita é de que material adquirido seja de baixa qualidade e pode dar falso negativo.´

A Policia Civil e o Ministério Público (MP) cumprem, na manhã desta quinta-feria (2), mandados de busca e apreensão na capital e em quatro cidades da Grande São Paulo. A “Operação Falso Negativo” apura fraude na compra de testes rápidos para diagnóstico de coronavírus pelo governo do Distrito Federal.

Além da cidade de São Paulo, a operação saiu às ruas em busca de alvos em Santana de Parnaíba, Cotia, Itapevi e Barueri. Os alvos são endereços de pessoas e empresas ligadas ao fornecimento dos exames para se detectar a Covid-19.

DF e 6 estados
Além do Distrito Federal e São Paulo, são cumpridos mandados de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Bahia e Espírito Santo.

Em São Paulo, são cumpridos 12 mandados de busca e apreensão. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), 60 policiais e 27 viaturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) participam da operação.

Segundo a comunicação do Ministério Público em São Paulo, promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) da capital colaboram com a ação.

SSP e MP não informaram nomes e endereços dos alvos procurados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *