Itapevi

Prorrogada a campanha de vacinação contra gripe em Itapevi

Seguindo diretrizes do Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Itapevi prorrogou até o dia 28 de junho a Campanha de Vacinação contra a Influenza (gripe) em todas as unidades de saúde do município. A ação tem como objetivo aumentar a cobertura no município e, assim, colaborar com todo o estado de São Paulo.

Devem ser vacinadas todas as pessoas acima dos 6 meses de idade. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 90% deste público.
A vacinação contra a influenza é considerada a melhor estratégia de prevenção contra a gripe durante o período de maior circulação dos vírus, que acontece principalmente no inverno. O imunizante diminui as chances de agravamento da doença e o número de óbitos causados por ela.

Para a pessoa ser vacinada, basta comparecer a qualquer unidade de saúde do município com um documento que tem foto e o CPF (RG ou CNH) ou o cartão do SUS e a carteira de vacinação. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 9h às 15h30.
Nas unidades de saúde do Suburbano, Rainha e do Vitápolis, o horário da campanha de vacinação é ampliado e as pessoas podem se vacinar até as 18h30, sempre de segunda a sexta-feira.

Sobre a influenza
A influenza, popularmente conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda de alta transmissão que afeta o sistema respiratório. A doença pode gerar sintomas mais graves e levar a óbito, principalmente em pessoas que apresentam fatores ou condições de risco como lactentes, crianças, gestantes, idosos, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e entre outras condições

O período de desenvolvimento do vírus no corpo humano é de cerca de dois dias. A transmissão ocorre principalmente em ambientes fechados e de pessoa para pessoa, por meio de gotículas respiratórias produzidas por tosse, espirros ou fala de uma pessoa infectada. O vírus pode também ser passado por meio do contato direto ou indireto com secreções respiratórias e ao tocar superfícies contaminadas e, em seguida, os olhos nariz ou boca.

Os principais sintomas são febre, que dura em torno de três dias, dores de cabeça, dores musculares, dor de garganta e fadiga. Com a progressão da doença, sintomas respiratórios, como a tosse, se tornam mais evidentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *